Sociedade e gestão do risco: o aquífero guarani em Ribeirão Preto-SP, Brasil

Resumen:

A sociedade contemporânea cria riscos de todas ordens, alterando o significado dessa palavra. Ela pode estar associada a ameaças naturais, mas cada vez mais esta relacionada a ações humanas, em especial devido ao uso de tecnologias. O uso do solo, tanto para fins agrícolas quanto urbano, gera possibilidades de contaminação de áreas sensíveis, como é o caso da área de recarga do aquífero Guarani, em Ribeirão Preto, no Estado de São Paulo, no Brasil, um dos mais importantes municípios do estado que, além de elevado desenvolvimento econômico, destaca-se por situar-se junto a área de recarga do principal reservatório de água subterrânea do Cone Sul. Este trabalho visa discutir a gestão do uso das águas subterrâneas em Ribeirão Preto e refletir sobre os riscos que a contaminação e a superexploração acarretam para a principal fonte hídrica do município.

Palabras clave: Sociedade de risco, aqüífero Guarani, políticas públicas ambientais.


Abstract:

Contemporary society creates risks of all kinds, changing the meaning of this term. Although it may be associated with natural hazards, it gradually assumes a stronger relation with human actions, especially due to the use of technology. The use of land for agricultural and urban activities creates the possibility of contamination in the recharge area of the Guarani aquifer in the municipality of Ribeirão Preto, state of Sao Paulo, Brazil. This city is one of the most important in the state with high economic development. Besides this, it is located in the recharge area of the main reservoir of underground water of South Cone. This paper aims to discuss the management of groundwater use in Ribeirão Preto and reflects the risk that contamination and overexploitation might cause to the main city's water supply.

Keywords: Risk society, Guarani aquifer, environmental policies.